Como equilibrar a vida

Equilibrar a vida é como fazer yoga, temos de ativar em nós os músculos certos a usar em cada postura. No dia a dia, temos de ativar em nós a nossa paciência e resiliência para tudo contornar e subsistir.

Andamos sempre à procura de equilibrar a nossa vida entre o trabalho, a família, o desporto, a saúde, e outros tantos malabarismos. E parece que só sentimos que tudo está equilibrado quando colocamos todas as esferas da nossa vida com o mesmo peso e medida, não é?

Só que no meio de tanta tentativa de equilíbrio, a vida acontece, e tudo se desequilibra. Perdemos aquela surfada no final do dia porque o trânsito nos fez parar; os nossos filhos são a prioridade; a correria do trabalho impede-nos de ter tempo de sentar e desfrutar de uma alimentação plena e calma. Quando isto nos acontece, quando há circunstâncias que não controlamos, ficamos frustrados, cheios de stress, irritados por não estamos a equilibrar a vida como gostaríamos.

Mas há que aprender com isto. Surgem-nos coisas giras na vida como no yoga que nos mostram como fazer malabarismo. Há aulas de yoga em que trabalhamos mais o equilíbrio, em posturas aparentemente simples como a Árvore ou Vrikshasana. Na verdade pedem-nos que subtilmente sejamos capazes de ativar diferentes músculos, pequenos ajustes para alcançar tal postura. Ao colocar uma das pernas dobrada em triângulo com a planta do pé na zona de virilha, ao olharmos em frente, ao elevarmos os braços para o alto da nossa cabeça, estamos a desafiar o equilíbrio e a pedir ao corpo que o controle. Ao mesmo tempo que executamos a postura, e nos equilibramos, surge-nos um sentimento de serenidade no corpo. O nosso cérebro descobre ali os músculos necessários para nos manter firmes e inteiros como uma árvore.

É exatamente este tipo de equilíbrio que temos de conseguir encontrar nas diferentes esferas da nossa vida, e de forma harmoniosa, conjugá-los sem frustração. Nos meus dias mais intensos ou de situações mais inesperadas, tento activar em mim determinados comportamentos que me ajudem a descobrir o equilíbrio entre o caos. Como?

↠ Mantenho-me fiel aos meus objetivos. Se num dia não consigo praticar desporto, encaixo amanhã com mais calma, mas faço os possíveis para cumprir este objetivo e me manter ativa todos os dias.

↠ Tento adaptar-me aos imprevistos. Tento não ter expectativas muito altas, gerir aquilo que quero fazer durante o meu dia e aquilo que sou capaz de conseguir.

↠ Aceitar o que a vida me dá (é ensinamento do yoga). Faz com que fique mais calma, serena, logo equilibrada. É que às vezes perdemos energia em coisas que pouco ou nada interessam…

↠ Nunca desistir. E como é que isto me ajuda a equilibrar o dia? Sou dona do meu destino. Tenho em mim todo o poder e força do mundo, por isso, posso sempre voltar a tentar fazer o que queria. Se não foi naquele momento, é só uma questão de ter um pouco de paciência e resiliência para voltar a tentar.