Tag: lucy foster perkins

Como o Yoga e o Surf dançam juntos sobre as ondas

Surf & Yoga

Tive a minha primeira aula de surf tarde. Tarde na idade porque a agilidade em criança para adaptar o nosso corpo a determinado desporto é muito maior… Mas felizmente apareceu o yoga que me veio dar o complemento que o surf tanto pede.

Até aos meus 25 anos fazia ski aquático, adorava o poder de deslizar sobre a água; só nessa altura, a um quarto século de vida, é que me atrevi a entrar no mar para surfar. Não por falta de vontade ou por morar longe da praia, simplesmente por que os meus verões eram passados na barragem entre slaloms de ski e tentativas de saltos no wakeboard.

Quando decidi começar a surfar, levar isto mais a sério, percebi que o meu corpo precisava de se ajustar e muito a este desafio, e que as minhas corridas semanais não eram suficientes. Tinha de encontrar uma forma de trabalhar o equilíbrio, a agilidade e a capacidade respiratória. Além disso, tinha de aprender a sossegar a mente para encarar o meu medo das ondas com serenidade. Foi aqui que o yoga entrou em cena.

Pratico Hatha Yoga que trabalha a união da mente com a alma. Através desta filosofia centramos a nossa atenção na ação. Ou seja quando estamos a fazer uma postura, uma asana, temos de estar totalmente presentes em todas as fases desde a entrada, permanência à saída da postura. Se estivermos na prática de um pranayama, um exercício de respiração, temos de nos focar no ar que circula nos nossos pulmões.

E assim começa a dança entre o yoga e surf. A transição de uma prática para a outra. Treinar o corpo, os músculos é a parte fácil do surf. A parte difícil fica no domínio da mente. Estes são alguns dos benefícios do yoga para quem pratica surf e não só.

#Foco e Concentração

Entrar no mar tem o seu quê de dispersão. Ondas, rebentação, outros surfistas, ler o mar, procurar o pico, enfim, um set de acontecimentos. É fácil perder a concentração na nossa postura sobre a prancha. Como no yoga trabalhamos o momento presente, hoje consigo comandar a mente para me centrar no que é necessário. E quando me disperso, basta voltar ao pranayama.

#Reforço do Sistema Cardiovascular

O yoga não é um desporto, é uma filosofia de vida. E, no Hatha Yoga, como já expliquei fazemos exercícios de respiração. A respiração completa em que usas os pulmões por inteiro. Inspiras, o ar faz-te crescer abdómen e tal como uma onda, passa para lateralidade do corpo, abrindo como um acordeão, subindo para a zona clavicular encolhendo o abdómen neste processo. A respiração completa tem esta capacidade de te ensinar a respirar como deve de ser. Com o pulmão por inteiro. A tua capacidade cardiovascular transforma-se a partir do momento em que aprendes a respirar.

#Recuperação física

Através do yoga consigo recuperar a minha capacidade física mais rapidamente. Como nas posturas alongamos bastante os músculos, consigo soltar tensões. Aliás, não dispenso de fazer yoga antes e depois do surf. Antes, enquanto aquecimento e preparação muscular; depois, para os devidos alongamentos e libertar os músculos da contração a que estiveram sujeitos.

Ficaste com vontade em experimentar yoga? Lucy Foster Perkins (nas imagens) é professora de yoga para surfistas. Tem um canal no youtube com algumas rotinas fáceis de seguir. Se ainda não entraste nesta filosofia do yoga, está na hora de comprares um tapete (e já agora, a prancha também).

Nota de rodapé: praticar yoga sem qualquer tipo de conhecimento não é aconselhável. Nada como encontrar uma escola e professores para te ensinarem esta prática.