Os meus alimentos de outono para me manter saudável

Com a mudança de estação mudam também os alimentos da época. Estes devem ser a nossa primeira escolha por reterem todas as suas propriedades nutricionais. Partilho aqui uma pequena lista de alimentos para este outono.

Os dias já andam mais murchos bem como o nosso estado de alma, que devagarinho pede recolhimento e conforto. Há em dias que não me apetece sair da cama, há dias em que me apetece comer algo quente. É esta a minha energia nos meses de frio. Para não me deixar abater com as temperaturas baixas e dias de chuva, sei que tenho de recorrer aos alimentos da época para me dar a energia necessária para estes meses. Além disso, como primo pela vida saudável, sei que a nutrição equilibrada é a chave para manter ritmo no surf, no yoga, na vida em geral. Aqui ficam as minhas escolhas para os menus do outono.

Abóbora

É inevitavelmente associada ao Halloween, mas é de facto mágica. Está cheia de vitamina A, fitoesteróis, ácidos gordos, ómega 3, magnésio e ferro, por isso contribui para o bom funcionamento do coração e não só. Gosto explorar as inúmeras possibilidades de usar a abóbora nas minhas refeições, nas sopas, nos assados, entre outras inspirações. Como o surf apela a uma boa capacidade física, nada como reforçar o nosso coração para nos dar mais energia na remada.

Castanhas

Ai as castanhas assadas na rua, é tão outono e tudo de bom. Não prescindo de as incluir no meu menu de outono. Ricas em potássio, hidratos de carbono complexos, vitaminas A, C, E e ácido fólico, são excelente fonte de energia – que bem que precisamos para combater a preguiça – além de reforçarem o nosso sistema imunitário.

Laranja

Como laranjas com fartura nesta altura do ano, em particular por serem ricas em vitamina C e por considerar que o nosso país cultiva laranjas muito saborosas. Gosto de a incluir ao pequeno-almoço, em especial nas quentes papas de aveia. Também uso a laranja nos pratos de legumes assados, dá um toque de frescura ao quente. A vitamina C ajuda-me a manter protegida nestas mudanças de temperaturas e contribui para uma pele bonita, tão importante para quem se expõe ao sol e ao mar como eu.

Nozes

São um dos meus snacks preferidos no pós surf porque contribuem para a sensação de saciedade (e verdade seja dita, após a prática de desporto, os meus apetites descontrolam-se um bocado). Por isso, as nozes são boas companheiras. Acresce a isto o facto de terem vitamina E, ácido oleico e linoleico, cálcio e ferro, ou seja, ajudam a pele, cabelo e unhas a terem um aspeto saudável.

Há mais alimentos que podemos e devemos incluir na nossa alimentação. Tento escolher sempre em primeiro os alimentos da época, evitar alimentos processados e beber muita água ao longo do dia, além dos chás (excelentes aliados para nos manter quentes). Lembrar sempre que o nosso corpo é o nosso templo, devemos sempre honrá-lo e respeitá-lo, sem nunca entrar em dietas injustificadas. Vi recentemente um vídeo da vlogger Grace Victory sobre as inúmeras dietas da moda que me fez repensar a mensagem a passar. Sou fã do equilíbrio. Como o que gosto, como com moderação, essencialmente como alimentos verdadeiros que me nutrem e fazem de mim mais saudável.